langage change

Immigration Bureau of Japan

sp menu

Q&R

(A declaração de aparição)

Q1 : Eu faço a residência ilegal depois do prazo de residência e me apareço ao departamento de imigração e desde então faço o processo para procurar a vida no Japão continuamente. Neste caso, não tenho o problema nenhum?

Nas pessoas que fizeram a declaração de aparição, muitas pessoas se emganam “Não tem o problema nenhum na legalidade porque fiz a declaração de residência ilegal etc. A condição ilegal foi dissolvida.”

Se o estrangeiro faz a declaração de aparição ao departamento de imigração, a condição de residência ilegal etc. não são dissolvidas e pelo que não ser admitido a residência especial ao partir do Ministro de Justiça, a condição com a infringência de Nyukan-ho não se muda.

Por isso até o julgamento do Ministro de Justiça, em princípio, o trabalho não é também admitido. Pois assim, o estrangeiro pode ser revelado em sua fábrica, sua companhia etc. pela infringência de Nyukan-ho

Q2 : A pessoa forçada a retirar do Japão e a pessoa saída com o mandamento da saída do país podem entrar ao Japão de novo?

A pessoa forçada a retirar do Japão e a pessoa saída com o mandamento da saída do país por causa de residência ilegal ao partir do Japão podem desembarcar ao Japão pelo período definitivo(diz-se o período da recusa de desembarcação) em princípio baseado ao regulamento de Nyukan-ho. Segue-se detalhadamente abaixa.

  1. O período da recusa de desembarcação da (pessoa forçada a retirar do Japão ou a pessoa que teve saída com o mandamento da saída no passado que se chama “visitador repetido” é limitado desde o dia forçado a retirar a 10 anos.
  2. O período da recusa de desembarcação da pessoa forçada a retirar(exceto o caso de ①) é limitado desde o dia forçado a retirar a 5 anos.
  3. O período da recusa de desembarcação da pessoa saída pelo mandamento da saída do país é limitado desde o dia saida do pais a 1 ano.
  4. A pessoa executada pena de prisão por mais de um ano ou detenção etc. por fazer infringência ao lei do Japão ou o país fora do Japão e a pessoa executada pena por fazer infringência ao lei sobre o controle de uma droga, uma marihuana , um estimulante etc. não pode desembarcar ao Japão sem o período da recusa de desembarcação determinada.
Q3 : Quando eu me apareço ao departamento de imigração, o que devo preparar?

No caso de aparição, leva seu passaporte. A pessoa, que perdeu o passaporte e assim por diante e não o tem, pode levar a certidão mostrando sua posição social se tivesse isso. Quando deseja seu regresso, leva o passaporte válido em princípio. Além do passaporte, é também necessário levar a passagem para regresso e a carta confirmada da passagem aérea publicada pela agência de viagem. Mas, quando está fazendo residência ilegal etc. ou infringência a outro lei, leva algum tempo para dias da investigação e é pensado que a passagem aérea, preparada antes, não fica utilizável. Por isso, faça o favor de aparecer-se ao departamento de imigração perto de sua morada e perguntar sobre isso em primeiro lugar.

(O mandamento da saída do país)

Q4 : Qual é “o sistema do mandamento da saída do país”?

O sistema do mandamento da saída do país é o sistema que faz o residente cheio do requisito definitivo das pessoas fazendo a infringência de Nyukan-ho sair do país sem internar o corpo, usando um processo fácil.

Sobre a pessoa correspondendo ao mandamento da saída, é regulado em Nyukan-ho Artigo 24-3. É a residente ilegal correspondendo a qualquer em seguinte detalhadamente.

  1. Apareceu-se à repartição de imigração por si com a vontade de sair do Japão rapidamente
  2. Não corresponde à razão retirada compulsória fora de residência ilegal
  3. Não foi executado a pena de prisão ou detenção pela pena definitiva de furto etc.
  4. Não teve forçado a retirar ou saido do país com o mandamento da saída no passado
  5. É provável sair do Japão com certeza rapidamente.
Q5 : Aonde devo me aparecer quando desejar aceitar a aplicação “o sistema do mandamento da saída do país?

Fazemos a investigação de infringência para a pessoa de aparição em princípio em 8 lugares do departamento de imigração local (Sapporo, Sendai, Tóquio, Nagoya, Osaka, Hiroshima, Takamatu e Fukuoka) e 3 lugares da filial do departamento de imigração local (Yokohama, Kobe e Naha) e 1 lugare de escritório da filial (Kagoshima.) Por isso, apareça-se estes departamentos locais etc, por favor.

Quando se aparece à repartição de imigração perto de sua morada exceto o que se segue acima dentro de horas oficiais no dia útil, na repartição de imigração, entregamos a carta confirmada de aparição contra a pessoa de aparição e indicamos o dia e a hora e o lugar de aparição aos departamentos de imigração locais e assim por diante, onde praticam a investigação de infringência acima.

Q6 : Posso me aparecer ao departamento de imigração no aeroporto de onde deseja sair do país?

Quando se aparecer ao departamento de imigração no aeroporto, entregamos a carta confirmada de aparição mas leva algum tempo para fazer a investigação de infringência etc. e não pode sair no mesmo dia de ter aparecido em princípio. Pois assim, a pessoa que quer sair com o mandamento da saída do país pode terminar o processo prescrito antecipadamente em 8 lugares do departamento de imigração local (Sapporo, Sendai, Tóquio, Nagoya, Osaka, Hiroshima, Takamatu e Fukuoka) e 3 lugares da filial do departamento de imigração local (Yokohama, Kobe e Naha) ou 1 lugare de escritório da filial (Kagoshima.)

Q7 : Devo pensar quanto tempo leve mais ou menos de ter aparecido até receber o mandamento da saída do país?

Depende da situação (sim ou não de ter o passaporte) da pessoa que se apareceu.

É pensado que leva 2 semanas mais ou menos de ter aparecido ao departamento de imigração local até sair com a entrega do mandamento da saída do país. Pois assim, tome cuidado ao reservar a passagem aérea para regresso, por favor.

Q8 : Quando o estrangeiro que não tem a história da retirada compulsória antigamente é revelado pela suspeita de residência ilegal, pode receber a aplicação do “sistema do mandamento da saída do país?

A pessoa para o mandamento da saída é limitida à pessoa que se apareceu à repartição de imigracão por si e o residente ilegal revelada pelo departamento de imigração não corresponde ao mandamento da saída do país.

Q9 : Quando o estrangeiro, que entrou a nosso país com o passaporte mentiroso e esteve fazendo a permanência ilegal, se apareça ao departamento de imigração por si, pode receber a aplicação do “sistema do mandamento da saída do país”?

O que entra ao Japão com o passaporte mentiroso significa imigração ilegal. O caso da pergunta não corresponde ao mandamento da saída do país e executamos o processo da retirada compulsória por causa da suspeita de imigração ilegal.

Q10: Quando o estrangeiro, que saiu uma vez com o mandamento da saída do país, entra ao Japão e se torna à condição de residência ilegal de novo depois do prazo transcursado da recusa de desembarcação e se ele se aparece, pode receber o mandamento da saída do país de novo?

A pessoa para o mandamento da saída é limitida à pessoa que teve forçada a retirar e não teve saída com o mandamento da saída no passado. Pois assim, o residente ilegal que teve saído com o mandamento da saída do país no passado não corresponde ao mandamento da saída do país.

(Entrevista e presente)

Q11: A que horas a recepção de entrevista começa e a que horas termina?

A hora da recepção de entrevista é entre 9:00hs às 12:00 e entre 13:00hs às 15:00hs no dia útil exceto aos domingos, sábados e feriados.) Uma parte da hora da recepção pode ser diferente depende da situação da instituição de detenção. Por isso, faça o favor de confirmar ao inspetor do tratamento no lugar de detenção antes de visitar.

Q12: Há alguma coisa para preparar ao fazer entrevista e presente?

Deixariamos confirmar a situação social da pessoa que faz entrevista e presente.

No caso do japonês prepare a liceça de motorista, passaporte, o cartão da identidade de emprego e outra identidade assim como pegada o fotógrafo e no caso do estrangeiro, prepare passaporte ou a certidão do registro do estrangeiro, por favor.

Q13: Posso fazer entrevista qualquer vez por dia?

O número da pessoa que deseja sua entrevista vem aumentarndo. Goatariamos de fazer a entrevista de muitas pessoas dentro do tempo limitado e lhes entender o que a entrevista é feita uma vez por dia em princípio.

Q14: Quanto tempo posso fazer entrevista?

O tempo de entrevista é limitido dentro de 30 minutos por uma vez mas podemos deixar o tempo de entrevista reduzir e praticar para que todos possam fazer entrevista quando a pessoa para entrevista é concentrada e aumentada muito especialmente e assim por diante. Por isso, faça o favor de nos ajudar.

Q15: Posso falar com Hi-shuyosha pelo telefone?

Não comissionamos pelo telefone a Hi-shuyosha do exterior e visite para o ver ou utilize telegrafia, por favor. Hi-shuyosha pode telefonar ao exterior dependente de período do tempo numa parte da instituição de detenção.

Q16: Se dizer o nome individual, pode me ensinar se interna Hi-shuyosha?

Em princípio, não atendemos pelo telefone a respeito do fato de detenção, pela razão da proteção de privacidade e outros motivos. Pedimos antecipadamente a sua compreensão.

Q17: Eu penso que quero fazer presente. Qual é o artigo de que não posso fazer?

Do ponto da segurança pública ou higiene, geralmente recusamos algum presente: o artigo necessário cozinhar com fogo, o alimento fácilmente apodrecido que não pode reservar por temperatura normal etc. Sobre detalhe, confirme ao inspetor do tratamento do lugar de detenção, por favor.

Q18: Posso fazer presente da passagem aérea para regresso?

Não posso usar a passagem dada dependente da situação avançada do processo da retirada compulsória. Por isso, quando procura fazer presente da passagem aérea para regresso, confirme o inspetor do lugar de detenção antecipadamente por favor.

Q19: Até quantas bagagens posso fazer presente?

Sobre a bagagem possível levar no avião no momento de embarcar ao avião, muitas companhias aéreas determinam uma bagagem de mão mais ou menos e a bagagem depositada no avião que pesa até 20 quilogramas. Sobre a bagagem excendendo isto, o preço excessivo é requerido e considera a quantidade ou o peso possível levar por si. Pois assim, faça o favor de fazer presente de uma mala mais ou menos em todo.

(Repatriação)

Q20: Por que interna a pessoa entregada o documento mandante da retirada compulsória?

É determinado que o guarda de imigração tem que fazer a repatriação da pessoa forçada a retirar ao lugar de repatriação rapidamente quando o documento mandante da retirada compulsória foi entregado. Mas, quando não pode fazer sua repatriação imediatamente pode o interna até o momento possível fazer repatriação.

A razão de internar é porque devemos confirmar o corpo com certeza até o momento possível fazer repatriação e proibir a atividade de residência para a pessoa recusada a residência en nosso país.

Q21: Sobre Hi-shuyosha que não tem o passaporte válido, o que é que faz?

O funcionário da casa de detenção de imigrantes ou do departamento da repartição de imigração, onde é internado, trata a requisição para expedir o passaporte à repartição do governo estrangeiro do país da nacionalidade em nosso país baseado no oferecimento de Hi-shuyosha em si

Q22: Qual é o documento necessário para fazer a requisição de expedir o passaporte?
 E quanto tempo devo esperar até expedir isso?

O documento necessário para fazer a requisição de expedir o passaporte depende do processo do país de expedir. O período necessário até o passaporte expedido também não uniforma

Q23: Quando saio do país pelo pago privado, posso obter a passagem aérea para regresso e reservar o vôo de regresso na liberdade?

Há alguma passagem aérea que não pode se mudar de reservar e assim por diante dependente de seu tipo e não posso usar a passagem aérea preparada dependente da situação avançada do processo da retirada compulsória. Por isso, a pessoa que pensa preparar a passagem aérea para regresso pode confirmar o inspetor de imigração antecipadamente.

Q24: Eu pretendo sair do país pelo pago privado com a permissão de soltura provisória mas perdei o vôo planejado para sair do país. Como é que faço?

Quando a pessoa que recebeu a permissão da saída pelo pago privado apesar de perder o vôo planejado para sair, chega ao aeroporto planejado para sair, apareça à repartição de imigração no aeroporto e aceite a indicação detalhada sobre o que deve fazer desde então por favor.

E quando a pessoa que recebeu a permissão da saída pelo pago privado foi provada clara impossível embarcar ao vôo planejado de sair por causa de doença aguda etc. informe-o à repartição de imigração de onde aceitei a permissão da saída pelo pago privado e aceite a indicação detalhada sobre o que deve fazer por favor.

(Soltura provisória)

Q25: Há o critério da permissão de soltura provisória?

Não há o critério sobre sim ou não da requisição de soltura provisória.

Quando a requisição de soltura provisória foi feita, o presidente da casa de detenção de imigrantes ou o chefe do inspetor considera e julga totalmente a condição da pessoa internada, a evidência da razão da reclamação de soltura provisória e o caráter, a fortuna, etc.da pessoa internada e admitiu que deve soltar a detenção do corpo temporariamente. Neste caso, admite soltura provisória.

Q26: Qual é a condição adicionada a soltura provisória?

Além da morada apontada, a aérea de ação, a obrigação de aparição, e o período de soltura provisória, a condição correspondida a situação da pessoa com a permissão de soltura provisória é adicionada.

Q27: Como é que a soma do valor do seguro para soltura provisória determinada?

A soma do valor do seguro é regulado em Nyukan-ho Artigo 54”A soma determinada pela área não excendendo 300 milhões ienes.” E o presidente da casa de detenção de imigrantes ou o chefe do inspetor julga se a soma basta como o meio do seguro para confirmar a fortuna da pessoa cujo valor do seguro é pago e a aparição da pessoa feita soltura provisória e depois determina a soma do valor.

Q28: Quando devo sair ao lugar fora da área de ação apontada no momento de soltura provisória, como é que faço?

Quando deve sair ao lugar fora da área de ação prescrita na certidão da permissão de soltura provisória, ofereçe a permissão de viagem temporal contra o chefe do inspetor da repartição de imigração local que controla a morada apontada antes por favor.

Sobre a requisição, além do documento da requisição da permissão de viagem temporal pelo fiador e a assinatura, tem que apresentar o documento que fez a finalidade de viagem, necessidade, a duração necessário por viagem clara.

Sobre a detalhe, pergunte à repartição de imigracão local que controla a morada apontada por favor.

Q29: Posso trabalhar no momento de soltura provisória?

A pessoa entregada o documento mandante da retirada compulsória foi forçada a retirar sem ser admitida a residência em nosso país. Ele é internado na casa de detenção de imigrantes ou no lugar de detenção da repartição de imigração local porque devemos confirmar o corpo até repatriação e proibir a atividade de residência em nosso país. Se a prisão do corpo é soltada temporariamente por soltura provisória, o documento mandante da retirada forçada é entregado sem mudança. Pois assim não podemos o operar.

(A permissão de residência especial)

Q30: O que é o critério da permissão de residência especial?

A permissão de residência especial não tem o critério.

A permissão de residência especial corresponde a algum Nyukan-ho Artigo 24 e o Ministro de Justiça permite a residência especial contra o estrangeiro retirado de nosso país fundamentalmente. É decidido de julgar a situação do vários países totalmente: por que ele deseja a residência; o que infringência fez (o aspeto de infringência); como está indo o moral, a situação da família e a situação da vida; como é que influencia outro no caso da situação dentro e fora do país e no caso de permitir ou não permitir isso.

Quando a retirada compulsória só corresponde a alguma razão da retirada compulsória determinada em Nyukan-ho Artigo 24, recebe essa disposição. Qualquer pessoa não desejável para a sociedade japonesa corresponde à razão da retirada compulsória. Por exemplo, são a pessoa de imigração ilegal, a pessoa de residência ilegal ou a pessoa que recebeu o julgamento de pena por infringência do lei e foi disposta a pena de prisão ou a pena de detenção excendendo um ano e assim por diante.

Q31: Se eu me caso com japonês, recebo a permissão de residência especial sem falta?

Neste caso, não recebe a permissão sem falta.

A permissão de residência especial admite a residência especial no Japão contra a pessoa que deve ser forçada a retirar fundamentalmente mas não recebe a residência especial sem falta quando se casar com japonês. Se tem o estado real do casamento com japonês, é decidido de permitir ou não permitir que julga outra condição: moral, a situação da vida, etc. totalmente.

Q32: Se eu tenho minha criança, recebo a permissão de residência especial sem falta?

Nete caso, também não recebe a permissão sem falta.

Se casa-se com japonês e faz a família continual estabilizada ou tem a criança com a sangüinidade do japonês, é considerado. Se tem o estado real de estar criado, é decidido de permitir ou não permitir que julga outra condição: moral, a situação da vida, etc. totalmente

Q33: Quanto tempo leva da requisição da permissão de residência especial a essa permissão ?

A permissão de residência especial não é permitida depois de fazer a requisição.

A permissão de residência especial considera e julga várias razãos quando a pessoa em si deseja a residência em nosso país apesar de que é forçada a retirar fundamentalmente pelo Ministro de Justiça depois de passar a turma dos processos da retirada compulsória (a investigação do guarda de imigração, a inspeção de infringência do inspetor de imigração e a inquirição oral do inquiridor especial.)

Agora o número da pessoa para a permissão de residência especial está aumentarndo de repente e cada caso é diferente, incluindo o caso necessário fazer a investigação prudente e o caso necessário obxervar a situação da família.

Não podemos dizer o período até ganhar o resultado completamente.

Q34: Repatriação compulsória não é o tratamento não-humanitário?

Cerca de 11 milhões residentes ilegais moram em nosso país em janeiro 1, 2010 presentemente. Muitas partes das pessoas conhecem que imigração ilegal ou a residência ilegal é infringida e permanecem e convidam a segurança pública pior e assim por diante e causam a problema social grande em nosso país. A retirada compulsória (repatriação compulsória) faz o estrangeiro definitivo, não desejável para a sociedade de nosso país, retirar fora do país segundo o processo prescrito como o meio para tentar o controle justo da entrada e saída e não corresponde ao tratamento não-humanitário. O estrangeiro, não desejável para a sociedade e forçada a retirar de nosso país é nomeado na legalidade por essa razão e o processo prudente especial é determinado sobre o processo da retirada compulsória.